A comissão organizadora do concurso já iniciou os aprestos para que o edital seja publicado o quanto antes. A intenção é que seja divulgado até julho. Por enquanto o grupo está escolhendo a banca de organização e definição de vagas a serem ofertadas.

A banca organizadora é escolhida a partir da dispensa de licitação, processo em que a proposta que ofereça mais vantagem seja a escolhida. O ministério Público já entrou em contato com algumas organizadoras para obter informações sobre valores de propostas.

Servidores

A expectativa é que no edital tenha as vagas de Analista e Técnico Ministral. A quantidade de oportunidades ainda não foi estudada, porém, em dados constados no Portal da Transparência do órgão, serão nada menos do que 26 para analista de nível superior e oito para técnicos ministrais, de nível médio.

Para disputar o cargo de Técnico Ministral é imprescritível a conclusão do ensino médio completo. O vencimento inicial é de R$ 2.935,08, variando até R$ 4.463,89, conforme o progresso na carreira. Para a função de Analista Ministral, é exigido o nível superior na especialidade da função. A remuneração vai de R$4.815,59 até R$7.323,91, também conforme o aperfeiçoamento profissional.

 

 

Requisitos Gerais 

O candidato deve ser brasileiro ou português, e nesse caso estar amparado pelo estatuto de igualdade e gozar dos direitos políticos; ter idade mínima de 18 anos, estar em dia com as obrigações eleitorais e serviço militar (no caso dos homens); ter aptidão física e mental comprovada por inspeção médica realizada no estado do Ceará; apresentar os documentos escolares e pré-requisitos constantes no edital, além de se classificar nas provas.

Último Concurso:

O mais recente concurso para servidores do MP no Ceará, aconteceu à seis anos atrás, quando a organização foi feita pela Fundação Carlos Chagas (FCC). Nele foram ofertados os cargos de Analista Ministral para as áreas de Direito e Ciências da Computação; e Técnico Ministral no Âmbito de Apoio Especializado.

Na ocasião, foram 62 vagas efetivas e com cadastros reservas para contratação conforme necessidade. No total foram 15.384 inscritos.

O concurso contou com provas objetivas (para todos), discursivas (somente para Analista) e títulos (somente para Analista), conforme disposto no quadro abaixo.

Informações do concurso